21/06/2017

Quase normal

Estou farta, tão farta! Estes 3 anos de licenciatura em psicologia estão a 1 exame de terminar. E ainda bem, porque estou tão farta que vou precisar de outros 3 anos para recuperar! Na verdade, devo começar o mestrado em psicologia clínica em setembro. Tenho apenas os meses de verão para recarregar baterias. Mas, a sério, estudar para frequências e exames? Já não tenho idade e muito menos paciência para isso! Quem disse que quem corre por gosto não cansa, enganou-se! Cansa muito! Mas falta-me só 1 exame... e provavelmente outros 2, de melhoria. Seja como for, mais uma semana e está tudo acabado. Não vejo a hora de ir de férias e pôr isto para trás das costas. Estou mesmo cansada. 

Por causa dos exames, não tenho rotinas, não tenho horários, e odeio isso. Os exames, o estudo intenso, desorientam-me. A única coisa que tenho feito sem falhas é a natação. De resto, nada. Passam-se dias e dias que não olho para a agenda nem para a lista de coisas para fazer. Não gosto disto assim. Não me oriento assim.

Preciso das minhas rotinas, preciso do comboio bem encarrilado. Odeio os exames, este stress... Quem é que me mandou voltar a estudar??

E ainda por cima, não me basta o exame que tenho mesmo que fazer, ainda quero fazer 2 melhorias, porque acabar o curso com média de 18,4 é inadmissível. 18,0 é bom, 17,5 também, 18,2 ainda vá que não vá. Mas 18,4, que é a minha média neste momento, é demasiado frustrante. O meu objetivo quando fui para o curso era acabar com 18. Esse objetivo está mais que cumprido. Mas estou tão perto do 18,5, ou seja, do 19, que me inscrevi a 2 melhorias. Isto é de loucos! Parece que sou muito mais perfecionista do que pensava... 

Preciso mesmo que isto termine. Sim, estou contente com o que consegui atingir, sou a melhor aluna do meu ano, e a verdade é que fazer este curso não foi assim tão difícil quanto isso e deu-me muito prazer. Mas neste momento só quero que isto acabe...

Pronto, estava a precisar de desabafar...

8 comentários:

  1. Olá Rita!! Estive a pensar voltar à faculdade este ano, mas a verdade é que, com dois filhos, casa para tratar, trabalho a tempo inteiro e tudo o resto, achei que seria demais. Tive medo de me arrepender por não tentar, mas era exactamente esse estado de cansaço que não quis voltar a experimentar...Obrigada pela partilha!E muita força para esses exames.

    ResponderEliminar
  2. Força para esses exames e tudo a correr pelo melhor!

    ResponderEliminar
  3. Olá Rita!

    Uau! Parabéns pelo desempenho brilhante...!

    Encho-me de orgulho quando vejo alguém conseguir feitos assinaláveis e a Rita é qualquer coisa...

    Também voltei aos bancos da escola para uma segunda licenciatura (10 anos depois de ter acabado a primeira), numa área completamente oposta.

    Estou a 5 exames (espero!) de acabar esta odisseia e não vejo a hora.

    Muita força e... venha de lá esse 19!!

    (eu conto as décimas para chegar ao 18, parece-me difícil consegui-lo e não me parece que tenha força para fazer melhorias mas... Veremos!)

    Um beijinho,

    Isabel

    ResponderEliminar
  4. Já falta pouco! Mas se custa assim tanto, compensará entrar já no mestrado? Compreendo que depois regressar deve ser mais difícil ainda.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Ritinha! Sei bem o que é isso, embora tenha terminado apenas o primeiro ano. No meu caso estou de férias, 100%, sem exames ou melhorias. É, de facto, preciso muita força de vontade para voltar a estudar até porque já não nos contentamos com qualquer nota. Tal como tu estou com média de 18,4 ��, que engraçado, e da mesma forma sou, para já a melhor aluna! Tinha como meta uma boa média mas não sabia muito bem o que esperar. A verdade é essa, para tirarmos tais notas, para nos sentirmos bem e verdadeiramente aliviadas (sabendo que já atingimos o topo das habitações académicas) temos que nos sentir assim, sem rei nem roque, com a nossa agenda completamente desregulada. A mim aflige-me muito, sobretudo porque sinto que deixo para trás tantas coisas importantes (os miúdos, a casa, refeições, etc) mas no fim sabe tão bem este sentimento de dever mais que bem cumprindo! Vou tentar manter a minha média, vou dar o meu melhor. Provavelmente não farei melhorias, não sei se terei paciência. E da mesma forma que tu estou desejando que esta etapa termine. Não por não gostar mas porque quero começar logo logo a exercer! Quanto a mais mestrados e doutoramentos, nem pensar. Beijinhos grandes e pensa que a espreguiçadeira está quase quase ao teu alcance!

    Sarita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, eu ainda tenho o mestrado pela frente, ou seja, mais 1 ano de aulas... Mas digo-te, estudar para frequências e exames dá muito mais trabalho que fazer um (segundo) doutoramento!

      Eliminar
  6. Rita, é uma excelente média, para quem concilia isso com tudo o resto na vida! Não te massacres :) (ainda que perceba perfeitamente essa frustração com esse 18,4).

    Também voltei a estudar este ano, acabo as aulas no final de Julho, e mal posso esperar. Percebo tão bem o que dizes! Tenho a casa num caos, as refeições andam uma miséria, sinto a vida toda desorganizada e o meu organismo anda a acusar o desgaste. Mas... Está quase a acabar!

    Força para a recta final :)

    ResponderEliminar
  7. Está no fim, falta pouco. Força e foco na reta final!
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...