10/03/2014

As 16 personalidades

via

A classificação tipológica de Myers Briggs, ou MBTI em inglês, é uma ferramenta que identifica e descreve os vários tipos de personalidades dos seres humanos. Esta classificação baseia-se nas ideias do famoso psiquiatra Carl Jung e nos seus tipos psicológicos, e foi desenvolvido por mãe e filha, Katherine Cook Briggs e Isabel Briggs Myers, durante a II Guerra Mundial.

Este indicador assenta na ideia que cada pessoa prefere uma determinada forma de pensar e agir. Consideram-se assim 4 tipos opostos relacionados com as preferências da pessoa em relação às atitudes, funções e estilo de vida.

Assim, há 4 pares de preferências ou dicotomias:

Em relação às atitudes: introvertidos (I) e extrovertidos (E).
Os introvertidos são aqueles que precisam de ficar sozinhos para ganharem energia; os extrovertidos preferem estar com outras pessoas para isso.

Em relação às funções: sensoriais (S) e intuitivos (N); racionalistas (T) e sentimentais (F).
Quem apreende a informação de forma criativa é intuitivo, quem o faz de forma prática é sensorial. Ao tomar decisões, os racionalistas buscam uma verdade racional, enquanto os sentimentais buscam a harmonia.

Em relação ao estilo de vida: julgadores (J) e perceptivos (P).
Os julgadores preferem estrutura e organização e deixar as coisas bem definidas, enquanto os perceptivos preferem deixar as opções em aberto e adaptarem-se à situação. Atenção que ser julgador não tem nada a ver com fazer julgamentos acerca dos outros - tem a ver com preferência por estrutura na vida e controlo sobre as coisas, enquanto os perceptivos preferem adaptar-se ao mundo e deixar as coisas fluir...


Cada pessoa tem assim preferência por um dos lados da dicotomia em relação ao outro, o que resulta na caracterização da personalidade por 4 letras, cada uma correspondendo à preferência em cada par. Há portanto 16 personalidades possíveis, resultantes da combinação das letras.

Mas afinal para que é que isto serve? Primeiro, é giro. Na net abundam blogs e fóruns de discussão sobre as personalidades, nos quais as pessoas tentam compreender-se melhor (e aos outros). Segundo, muita coisa passou a fazer sentido para mim quando descobri qual a minha personalidade de acordo com Myers Briggs. Passei a aceitar-me como sou, mesmo que isso seja estranho para os outros (o meu tipo de personalidade, INFJ, é considerado o mais raro, pelo menos no mundo ocidental). Tal como em tudo na ciência, o MBTI é louvado por uns e criticado por outros. Por exemplo, é fortemente desaconselhado usar os resultados do teste para escolher uma carreira ou para prever o desempenho da pessoa numa determinada profissão.

Mas, seja como for, não há dúvida que, para mim, ser capaz de caracterizar a minha personalidade faz com que eu perceba melhor quem sou e compreenda melhor porque que é que ajo de determinada maneira. Basicamente, é giro. E as descrições assentam-me que nem uma luva, mesmo que eu não goste de certos aspectos.

Se quiseres divertir-te um bocadinho com isto, há imensos testes de personalidade online. Eu gosto deste e deste. Ah, e partilha aqui quais são as tuas letrinhas!

Se fizeres algum destes testes, lembra-te que o importante é dar respostas verdadeiras. Da primeira vez que fiz um teste, respondi a pensar em como é que eu gostaria de ser deu ISTJ (o "cumpridor do dever"). Ao ler a descrição do tipo ISTJ apercebi-me que eu gostava de ser assim, mas não sou. Fiz depois vários testes, fui o mais sincera possível nas respostas, mesmo quando a resposta não me agradava, e deu sempre INFJ (o "protector"). A descrição deste tipo de personalidade faz todo o sentido para mim e explica muitas coisas da minha maneira de ser. No entanto, sinto-me próxima do INTJ (o "cientista") e apercebi-me que muitas vezes ajo mais como INTJ devido ao ambiente (isto no trabalho), mas depois sinto-me mal comigo por agir assim... Enfim, isto dava pano pra mangas, mas não aqui... Talvez num outro post...


>>>>>
Gostaste deste post? Podes partilhá-lo usando os botões abaixo.
Não queres perder outros posts? Subscreve as actualizações do blog usando uma das opções da barra lateral.
Podes também {subscrever a newsletter} e receber de oferta dois ebooks sobre organização e simplificação!
Obrigada!!

33 comentários:

  1. Fiz outro dia o questionário e também obtive o mesmo resultado: INFJ. Realmente é como dizes, é engraçado nos identificarmos com o que lemos. Até parece que depois do questionário nos conhecemos melhor e tudo faz mais sentido. Eu gostei de fazer e recomendo :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Só fiz o teste uma vez e o resultado foi: INTJ.
    Depois de ler a descrição, corresponde :)

    ResponderEliminar
  3. INTJ
    Não em agrada muito a parte de "You have moderate preference of Judging over Perceiving" mas acho que é verdade. Shame on me :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas olha que Judging não tem nada a ver com fazer julgamentos acerca dos outros! Eu sou fortemente J e não faço isso... tem a ver com preferência pela estrutura e organização.

      Eliminar
  4. Bom dia Rita...fiz apenas um dos testes e deu-me ISFJ. Agora vou aprofundar mais acerca deste tema. Obrigada.

    ResponderEliminar
  5. Acho que no fundo todas temos um pouco de tudo, mas obviamente que há alguns traços predominantes em cada uma de nós.

    www.prontaevestida.com

    ResponderEliminar
  6. Por acaso essa é uma teoria considerada ultrapassada na psicologia. Assim como certos pressupostos de Jung. Tal como na medicina, a psicologia também evoluiu. Não que esteja totalmente errada, simplesmente é demasiado dicotómica e foi considerada ultrapassada em termos científicos.
    É giro para "brincar", tal como os testes de QI e outras balelas que circulam pela internet... mas não passa disso, não tem fundamento cientifico válido.

    ResponderEliminar
  7. Extremamente interessante! :D eu sou o ISFJ e bate que nem uma luva! engraçado que ultimamente tenho feito testes deste género, por mera casualidade, e só reforça a ideia que tenho sobre mim :) sempre a aprender!

    ResponderEliminar
  8. Fiz o teste e deu-me ora ISFJ ora ISTJ. É a minha cara tirando uma ou outra coisa. E gosto muito.

    ResponderEliminar
  9. Oi! Eu sou ISFJ. :) The "Defender"

    ResponderEliminar
  10. Oi, Rita, muito interessante, o meu teste deu ISFJ. Agora vou procurar saber mais sobre isso.
    Bjs
    Kathia

    ResponderEliminar
  11. Olá, Rita!

    Bom post, como sempre!

    Não sei dizer sobre a acuidade dos testes disponíveis na rede, mas pouco tempo atrás tive a oportunidade de fazer o Myers-Briggs "oficial" (i.e. monitorado por profissionais) como parte de um workshop. Para mim, o resultado faz muito sentido.

    O MBTI é um instrumento bastante difundido e que parece produzir ótimos resultados na prática. Sei que costuma ser utilizado no mundo corporativo. Conheço pessoalmente o caso de uma renomada empresa internacional de consultoria que oferece o teste a seus funcionários. O objetivo principal é que a pessoa entenda melhor como funciona no ambiente de trabalho. O objetivo secundário é que, uma vez familiarizada com a tipologia, ela possa também melhor entender o modo de agir, pensar e trabalhar dos colegas.

    Abraço,
    L.

    ResponderEliminar
  12. ESFJ

    Extravert(56%) Sensing(1%) Feeling(50%) Judging(11%)
    You have moderate preference of Extraversion over Introversion (56%)
    You have marginal or no preference of Sensing over Intuition (1%)
    You have moderate preference of Feeling over Thinking (50%) - sou mesmo balança!!! :)
    You have slight preference of Judging over Perceiving (11%) - Não percebo bem esta

    ResponderEliminar
  13. olá Rita! Eu sou um INFP- um "dreamer"!!!Vou investigar a ver o que isto dá, mas pelo nome agrada- me! Um beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Olá!

    O meu deu INFJ também, isto é bom? rs
    No site em que eu fiz o teste (primeiro link), não entra em detalhes sobre o perfil.. tem apenas as porcentagens de cada característica... Tem algum link que você recomenda onde eu possa ler (e entender) melhor este perfil?

    Gostei muito do post... Espero que volte a falar sobre isto no futuro

    ResponderEliminar
  15. Olá, Rita. Já tinha feito um teste semelhante há uns tempos, voltei a fazer agora um dos que sugeriste e o resultado foi exatamente o mesmo: INTJ. E depois de ler a descrição deste tipo, bate tudo certo, apesar de achar que é sempre muito relativo caracterizar alguém através de um simples teste.

    Ainda assim, INTJ - sim, tem tudo a ver comigo :) A minha área é a Matemática Aplicada e Computação, que é uma das áreas que faz todo o sentido para este tipo de personalidade.

    Ana

    ResponderEliminar
  16. mais uma INFJ ;) e concordo*
    p.s.; Gostei da matéria, que desconhecia ;) bjs

    ResponderEliminar
  17. Olá Rita.

    Já ouviu falar do Eneagrama? Também é muito giro, há várias abordagens...

    Quanto às letrinhas... deu-me ISFP que em muito me surpreendeu, mas há que reconhecer...

    Grata,

    AS

    ResponderEliminar
  18. Também me fez lembrar o eneagrama. Fiz um teste desses bastante elaborado ha uns anos.

    ResponderEliminar
  19. Oi Rita,
    Aproveito para dizer que gostei muito do vlog. Adoro conhecer sotaques diferentes, então esse é um motivo a mais pra gostar de ouvi-la.
    Gostei muito desse seu texto. Eu fiz o MBTI com consultores profissionais e foi muito bom, porque a orientação é bem completa. De tempos em tempos eu reviso o "diagnóstico" e releio as orientações. Sempre tendo em mente que esse tipo de teste não determina a nossa vida, ajuda-nos no autoconhecimento, esclarece nossas preferências, mostra-nos o que nos custará nos dedicar a uma atividade que não abrange nossas "preferências".
    Escrevi um texto sobre as diferenças entre introvertidos e extrovertidos: http://secretariadoexecutivo.wordpress.com/2013/09/16/extrovertidos-e-introvertidos/

    ResponderEliminar
  20. Oi Rita,
    também jà fiz este teste hà alguns anos atràs. Sou INTJ e acho que combina muito com a minha personalidade.
    Fiquei curiosa e deu vontade de fazer de novo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  21. Olá Rita,
    Sou ISFJ e realmente, tem tudo a ver comigo. É engraçado, porque ajuda-nos a perceber determinadas facetas dos nossos comportamentos. Muito interessante!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  22. Olá Rita,
    Já tinha feito da outra vez que publicaste aqui sobre o assunto e mais uma vez INFJ. Depois de ler as últimas linhas deste post, suspirei... não sou a única...
    Beijinhos,
    Maria

    ResponderEliminar
  23. Fiz o teste e o resultado foi ENTJ [Extravert(100%) iNtuitive(25%) Thinking(25%) Judging(1%)], mas na verdade identifico-me mais com o ENTP. Sinceramente não vejo grande mais valia nestes testes, sem uma verdadeira orientação de profissionais. Parece-me igual a ler o horóscopo...

    ResponderEliminar
  24. ISFJ... and it describes me really well.... I guess we should be thankful for diversity... it makes human kind much more interesting.... and we do need all kinds don't we?
    obrigada Rita!
    well done!
    xox

    ResponderEliminar
  25. ENFJ, os pedagogos benevolentes. A descrição de personalidade sou eu chapada.

    ResponderEliminar
  26. Mais uma INFJ(um dos testes deu INFJ e o outro INFP, mas identifiquei-me muito mais com a definição do INFJ). Parece que andamos muitas deste tipo pela internet! Faz sentido!

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...